Advertorial

Exclusivo: Liberada Nova Fórmula para Ajuda no Combate das Dores Articulares.

Composto reequilibrar os minerais do organismo, ajudando a combater dores.

20/07/2021 14h23

Governo aprova venda no Brasil de composto com Colágeno tipo 2, usando com sucesso em países como Canadá, Japão e Índia para ajuda no combate de problemas articulares.

Foi testada e aprovada a comercialização no Brasil de uma nova fórmula que melhora a qualidade de vida para pessoas que sofrem problemas nas juntas.

O suplemento inédito no país já faz sucesso em vários países no mundo, como Canadá e Japão.

Trata-se de uma fórmula desenvolvida com o Colágeno Tipo 2, Ácido Hialurônico e MSM.

Colágeno Tipo 2

Este tipo de Colágeno, também conhecido como não desnaturado, é o componente maioritário presente na cartilagem e seu uso é recomendado para pessoas que apresentam problemas articulares.

Ácido Hialurônico

Componente-chave de um fluído das juntas do seu corpo, que tem uma textura parecida com a clara de ovo, chamado de líquido sinovial. A função desse líquido é reduzir o atrito entre seus ossos ao manter as suas articulações lubrificadas.

MSM

É uma fonte estável, concentrada e natural de enxofre orgânico. O enxofre está presente numa concentração especialmente elevada nas articulações. Vários estudos mostraram a utilidade desta substância nos casos de artrose e de artrite reumatóide.

Foi pensando nisso, que estudiosos, químicos, cientistas e médicos se reuniram e desenvolveram uma forma de torna-la acessível a todos, concentrando todas essas propriedades no suplemento Artiup, em forma de cápsulas.

O colágeno tipo 2 é aprovado pelo NIH, Departamento de Saúde dos EUA.

ANVISA Libera suplemento para Articulação no Brasil.

O suplemento Artiup® está liberado aprovado pela Anvisa nos termos da RDC 240 de 26/07/2018, sendo dispensado de registro, pois é avaliado como seguro para o consumo da população.

Lembrando que a Anvisa é uma agência reguladora vinculada ao Ministério da Saúde e trabalha no controle sanitário de os produtos e serviços comercializados no Brasil passivos de regulamentação de acordo a legislação vigente no país.

A liberação da Anvisa é obrigatória para preservar a segurança da população e todos os produtos vendidos em território nacional precisam passar pelo aval rigoroso da Agência.

Qualquer pessoas pode tomar o Artiup?

As cápsulas do Artiup® são naturais, porém, grávidas, lactantes e menores de 18 anos não devem consumir, assim como quaisquer outros produtos sem que consultem um médico.

O Artiup® é a forma mais potente e concentrada que se pode encontrar do colágeno tipo 2, o conteúdo das cápsulas é produzido com componentes cuidadosamente selecionadas antes de serem enriquecidas por um processo especial para obter o melhor resultado possível!

Como encontrar o Artiup®?

As Cápsulas do Artiup® estão disponíveis no Brasil exclusivamente no Site do Oficial do fabricante.

Devido ao enorme sucesso do suplemento, falsificações podem aparecer no mercado. Mas o responsável técnico pelo desenvolvimento das Cápsulas alerta que os produtos falsos são extremamente perigosos e que podem prejudicar muito a saúde das pessoas.

A boa notícia é que conseguimos uma promoção exclusiva para os leitores do nosso Blog que desejam combater as dores e melhorar a qualidade de vida.  

O fabricante concedeu até 55% de desconto nos produtos para quem acessar o Site Oficial do Artiup® por meio desta página.  

⚠️Mas atenção: a promoção é por tempo limitado e pode ser retirada do ar a qualquer momento.

Então se você quer ajuda no combate das dores, clique agora no link abaixo, não perca essa oportunidade exclusiva!

Aprovado pela Anvisa nos termos da RDC 240 de 26/07/2018, sendo dispensado de registro, pois é avaliado como 100% Seguro para o consumo da população. AVISO: Os resultados podem variar de pessoa para pessoa a fórmula de saúde não garante, que obterá 100% do resultado obtido das pessoas deste artigo. Este produto não se destina a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Esta informação não constitui aconselhamento médico e não deve ser considerada como tal. Consulte o seu médico antes de modificar o seu regime médico regular.